sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Low - Long Division (1995)


Saudações, mortais desse Estranho Mundo.
Desacelerando o blog - mas sempre com estilo - proponho uma audição minusciosa do segundo álbum oficial lançado pela banda do casal Sparhawk & Parker. Estou falado de "Long Division" (1995), do Low. A delicadeza das músicas contrastam fortemente com a força das letras, numa mistura de decepção, frustração e descrença ("Man overboard ... Maybe the angels'll take him", de "Throw out the line", "Don't mind the sound / It's all familiar by now", de "Swingin'", "I never thought you took me seriously / I never thought you'd be the one to turn me in, de "Turn", "Mercy lies in the one you hide / You can stand with me in line", de "Caroline", "you remind me that I'm weak / you remind me I can fly / you remind me I can't read / you remind me so I try", de "Alone", são exemplos). Com Zak Sally no lugar do baixista John Nichols, "Long Division" consolidou a fama da banda junto às rádios universitárias e independentes da terra do Tio Sam. Por aqui a banda chegou com status de "slowcore", termo que não ganhou as ruas e nem agradou aos seus integrantes. Mesmo assim, a discografia do Low ainda se faz importante pra quem procura sonoridades e propostas musicasi diferentes e de qualidade.
Minha faixa favorita? "Violence" ("Lent you my favorite dictionary / Came back with ripped out pages / Wasted good silverware on you / You can't trust violence")
"Almas atormentadas, tremei!"

2 comentários

Liis Sixx disse...

Tô ouvindo Violence agora, canção triste, outonal, atmosférica, mas me identifiquei bastante com o som.
Acho Low me faria chorar...

*Fico contente que Soundgarden e Rage voltem mesmo, pois assim poderei conhecê-los melhor.

-beijinhos e bom fds-

Bloody Mary disse...

Sixx,
muito obrigada mais uma vez por sua visita e seu comentário (só quem tem um blog sabe o quanto isso é importante).
"Low", definitivamente, não é uma banda que vai agradar o grande público - é muito introspectiva, muito minimalista, muito sutil - mas é aí que está o grande mérito do casal Sparhawk & Parker!
Obrigada, mais uma vez, e volte sempre ao EMM!

Postar um comentário

Desenvolvido por UsuárioCompulsivo, desmontado e remendado por "Estranho Mundo de Mary". ^