terça-feira, 22 de junho de 2010

Ozzy Osbourne - Blizzard of Ozz (1980)


Amigos,
John Michael Osbourne nasceu em 3 de dezembro de 48, em Aston, Birmingham (Inglaterra). Filho de Jack e Lillian, com cinco irmãos e dislexo, Ozzy logo percebeu que sua vida não seria nada fácil. A escola não o interessava, os colegas de classe preferiam importuná-lo à conhecê-lo, as garotas, então, nem pensar. Fã dos Beatles, Ozzy logo percebeu que o rock era o caminho e abandonou a escola já aos 15 anos. Trabalhou como pedreiro, padeiro, ferramenteiro, vendedor de carros e num matadouro. Passou seis semanas na Winson Green Prison por furtar roupas de uma loja. Cumprida a pena, reencontrou seu desafeto de tempos de escola, Tony Iommi e, juntos, deram forma ao Heavy Metal com a banda Black Sabbath.
Em 79 Ozzy deixou (ou foi deixado por) sua banda. Devido aos costumeiros excessos de álcool e drogas, Ozzy teve que procurar novos ares para continuar sua carreira. Participou de alguns ensaios com a banda "Necromandus", formada pelo guitarrista Randy Rhoads (Quiet Riot), pelo baixista Bob Daisley (Rainbow e Uriah Heep), pelo tecladista Don Airey e pelo baterista Lee Kerslake (Uriah Heep). A banda era agenciada por Sharon Arden que rapidamente reorientou a banda para constituir uma sólida base para a carreira solo de Ozzy.
Sharon e Ozzy se casaram, Rhoads virou lenda e Ozzy, personagem-ícone do Heavy Metal.
"Blizzard of Ozz" foi o primeiro disco da carreira solo de Ozzy. Lançado em 20 de setembro de 1980 trouxe faixas fantásticas como "Suicide Solution", "I Don't Know", "Crazy Train" e "Mr. Crowley" (minha faixa favorita de todos os tempos!). Em 2002 o disco foi relançado com a faixa "You Lookin' at Me Lookin' at You" como bônus - tal como você encontra nesse arquivo.
Mais informações na página oficial de Ozzy.
Só pra constar: estive ouvindo o dia todo o novo disco ("Scream") desse senhor e por isso me inspirei a fazer essa postagem.
Ah! E quero dedicar essa resenha ao Joaquim, do "Ozzy Osblog"!
Até mais.

4 comentários

Trapp disse...

Ótima escolha! Salve o louco e magnífico Ozzy! Parabéns pela postagem.
Grande abraço!

Trapp - Dimensão Sonora

Bloody Mary disse...

Olá, Trapp!
Muito obrigada por sua visita e seu comentário! Ozzy é uma figura tão carismática que parece da família!
Eu, pelo menos, cresci ouvindo sua voz por aqui...
Enfim, nem sei porque demorei tanto pra trazer esse disco pra cá..
Valeu!

christian 3D disse...

Ozzy faz parte da minha vida, mas depois que li a biografia dele, parece que cresci no pub junto com ele! Me identifico com o louco ! Valeu!

Hellraiser disse...

Saudações, Christian.
Impossível falar sobre Ozzy deixando memórias e impressões pessoais de lado. A história de sua personalidade é quase tão importante quanto sua carreira musical!
Grato por sua manifestação!

Postar um comentário

Desenvolvido por UsuárioCompulsivo, desmontado e remendado por "Estranho Mundo de Mary". ^