quarta-feira, 17 de setembro de 2008

David Bowie - The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders From Mars (1972)

Boomp3.com
Saudações, mortais desse Estranho Mundo.
Quem se interessa por música, e leu os jornais esses dias, não deve ter deixado escapar a mais recente lista dos “Mais Mais”, da revista "Rolling Stones". Na verdade, a enquete foi realizada pela “OUT”, uma revista dirigida ao público, digamos, alternativo. A "Rolling Stones", pra variar, só publicou em suas páginas e disseminou como verdade absoluta e inquestionável. Sim, amigos, estou falando da lista dos “100 álbuns mais gays do mundo pop”. O júri,composto por nomes como Boy George, Ruffus Wainwright, Cyndi Lauper, entre outros notáveis do mundo alegre, escolheu os álbuns que, pra eles, caracterizariam melhor o universo gay, fosse através das músicas,arranjos, letras, arte, ou de qualquer abstração que pudesse passar por suas cabeças coloridas no momento do voto. O resultado, como toda lista dos “mais mais” foi um “salve-se quem puder”, dominado pelos talentosos e sexualmente resolvidos The Smiths – The Smiths (2º) e The Queen is Dead (6º), Judy Garland – Judy at Carnegie Hall (5º), Elton John – Good Bye Yellow Brick Road (7º) e Madonna – The Immaculate Collection (8º). Figuram na lista, ainda, nomes como George Michal – Faith (15º) e Listen Without Prejudice Vol. I (18º), The Velvet Underground & Nico – The Velvet Underground & Nico (12º), The B-52´s – The B52´s (19º), Queen – A Night at the Opera (16º), A Day at the Races (20º) e The Game (28º), Lou Reed – Transformer (17º), Donna Summer, Diana Ross, Pet Sho Boys Euryhmics, Dee Lite (lembra deles?) e é claro Abba, Culture Club, Prince, Nina Simone, Bette Midler, Sade, entre outros. O que realmente me chamou a atenção foi a presença dos Beatles – Sgt. Pepper´s Lonely Hearts Club Band (100º), Hüsker Dü – Zen Arcade (88º) e Candy Apple Grey (67º), T. Rex – Electric Warrior (79º, tá bom, esse dá pra entender..), e Nirvana – Nevermind (68º)! E o pior, não consta na lista nomes como “Gloria Gaynor”, "Village People", Barbara Streisand e nem Liza Minelli – ícones-mór da ala sensível. E do Brasil, ninguém?! A OUT e a Rolling Stones que me perdoem mas essa lista tá furada.. Só tiro o chapéu pro álbum que ficou em primeiro lugar: sr David Bowie e seu The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders From Mars, de 1972. Um álbum excelente que, musicalmente, mescla o glam e o pop rock com canções intimistas, com letras temáticas e cheias de interpretações sobre um alienígena na Terra (qualquer semelhança é mera coincidência – ou não?). Pra quem não sabe, é desse álbum a clássica "Starman", eternizada por aqui pelo "Nenhum de Nós", "Five Years" e "Suffragette City"(no playerzinho). Enfim, um álbum que influenciou e continua influenciando muitos nomes importantes da música pop até hoje - gays ou não. Não sei se é o mais gay mas, com certeza, merece figurar entre os primeiros em qualquer lista dos melhores do pop rock mundial - e não precisa ser gay pra garantir isso, basta ouvir o disco! Pra ver a lista completa com os 100 álbums mais votados clique aqui. Para participar da enquete na versão "verde-amarela", clique aqui. Para visitar a página do sr. David Bowie especialmente dedicada à esse álbum, clique aqui.
“Almas atormentadas, tremei!”

4 comentários

Bloody Mary disse...

Hell, sem comentários!
Cada vez mais não sei como esse mundo pôde ter começado sem você por aqui! Essa postagem de hoje foi magnífica! O álbum é excelente mesmo - o "Camaleão" Bowie é, sem dúvida, um extra-terrestre que nós, meros mortais, quem sabe, um dia, compreenderemos - mas o "álbum mais gay do mundo" é demais!! Valeu e continue assim!
Até mais!

ganjacore disse...

porra hell! david bowie! curto este play prá caramba,puta rock'n'roll. pensei que só eu gostava de relíquias lá no brabera!!! parabéns pelo post!

Hellraiser disse...

Saudações, Ganja!
Muito obrigado pela visita e pelo comentário. Em se tratando de rock acho que somos privilegiados por ouvirmos de tudo. Fico feliz em saber que estamos juntos nessa! Até mais.

Psilocybe disse...

David Bowie é um grande artista, na concepção máxima da palavra! Eu adoro o camaleão do rock, sobretudo sua fase 1969 - 1974. Ele e o Velvet Underground estão no meu top 3, sem dúvidas! Esse álbum é ótimo... Não sei qual é o melhor, se este ou o Hunky Dory.

Postar um comentário

Desenvolvido por UsuárioCompulsivo, desmontado e remendado por "Estranho Mundo de Mary". ^