sexta-feira, 10 de abril de 2009

Abramis Brama - Dansa Tokjävelns Vals (1999)

Saudações, mortais desse Estranho Mundo.
Antes de mais nada quero dizer que "Abramis Brama" é uma espécie de peixe. Dito isso, quero ir mais longe e trazer a esse Estranho Mundo os suecos Dennis Berg e Fredrik Jansson. Foram eles quem resolveram tocar juntos, em 97, e deram início à "Abramis Brama" - a banda, não o peixe. Jansson, que originalmente era baixista, aceitou o posto de baterista depois de perceber as dificuldades pra se encontrar um desses na gélida e pacífica Estocolmo (Suécia). Berg ficou com as quatro-cordas do baixo, Christian Andersen assumiu os vocais e Per-Olf Andersson ficou encarregado das guitarras. Estabelecidos, em 98 a banda resolveu gravar uma demo com 12 faixas e, no mesmo ano, foram convidados pela Record Heaven a gravar o primeiro disco. "Dansa Tokjävelns Vals" (que quer dizer "Dance a Valsa do Demônio Insano", numa tradução livre - bem livre..) foi lançado em 99 e traz nove faixas cantadas na língua natal da banda, ou seja, a indecifrável e truncada lingua viking. Logo após o disco sair o vocalista Anderson resolveu deixar a banda e foi prontamente substituído por Ulf Torkelsson.
Os destaques desse discos são, além do idioma diferente, a capa idealisada pelo desenhista sueco Per Åhlin, as referências musicais variadas (que se abrem até alcançar uma espécie de Grunge - estilo Temple of the Dog -, e a faixa "Mamma Talar".
Mais informações nessa página.
"Almas atormentadas, tremei!"

seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Desenvolvido por UsuárioCompulsivo, desmontado e remendado por "Estranho Mundo de Mary". ^